Programa

A formação do mundo do trabalho contemporâneo, trabalho reprodutivo e economia do cuidado, a invisibilidade das mulheres nos espaços públicos, principais desafios para as minorias políticas e sociais para a participação no mercado formal assalariado, os números da desigualdade de gênero no mundo do trabalho, gap salarial, representatividade, tripla jornada e discriminação.

As condutas inadequadas no ambiente de trabalho, a complexidade do assédio sexual, desde a construção de ambientes tóxicos até às violências sexuais, passando pelas microagressões e outras violências de gênero, assédio moral e discriminação baseada em gênero, as diversas manifestações das condutas inadequadas contra mulheres no trabalho.

Proteção normativa às mulheres no mundo do trabalho: revisão do ordenamento nacional e dos parâmetros internacionais sobre gênero e trabalho. 

Políticas institucionais efetivas de enfrentamento, principais benchmarks, avaliação do ambiente de trabalho com foco em gênero e o desenvolvimento de uma agenda para efetivar mudanças. 

Construção de capacidades permanentes para o endereçamento de casos específicos, estratégias de prevenção, grupos auto-organizados, espaços de diálogo, investimento em autonomia das mulheres no espaço institucional. 

Auditoria do Ambiente de trabalho e devida diligência.

Canais de escuta e de denúncia, encaminhamento, investigação e definição de medidas de responsabilização das condutas, reparação das vítimas e restauração do ambiente de trabalho.