Programa

  1.  Materiais didáticos: história e memória.   Materiais didáticos, pedagógicos e paradidáticos – conceitualizações possíveis; História dos materiais didáticos no Brasil; Materiais didáticos e novas mídias digitais; Política de livro didático e mercado editorial no Brasil; 2.  Experiências de elaboração de materiais didáticos Experiências de produção de materiais didáticos no contexto escolar Experiências de produção de materiais em experiências não formais de Educação Experiências de produção de materiais para a formação de educadores. 3.  Atividades práticas de produção de materiais Produção de materiais a partir das discussões feitas no curso e do contato com novos meios analógicos e digitais.

Categoria de avaliação III

A dinâmica do curso terá como eixo fundamental a relação prática-teoria-prática. Partindo-se desta perspectiva este curso pretende em grande parte fazer uma interlocução com experiências de reais de produção de materiais e elaborar pelo menos um tipo de material.

Sendo assim, para a integralização do G1 será realizado um trabalho em duas etapas:

1ª Etapa: trabalho individual: produção e organização de textos; Presença em momentos específicos de discussão dos textos;

Entrega dos textos finalizados.

2ª Etapa: trabalho coletivo: finalização da publicação – (revisão, diagramação, capa e créditos). A turma será dividida em três grupos, cada grupo se ocupará da produção de um caderno.

Para a integralização segundo grau (G2) será realizado um em grupo:

  1. Elaboração de um Projeto de Publicação de material de leitura.

Elaboração de um projeto editorial para produção de um material contendo: a descrição da temática central a ser trabalhada, a elaboração de um mapa conceitual e de um mapa interno da publicação.

  1. Autoavaliação considerando a qualidade do material apresentado, a presença em momentos específicos de apresentação das propostas e a participação na discussão coletiva da turma.

 

CHOPPIN, Alain. História dos livros didáticos e das edições didáticas: sobre o estado da arte. In: Educação e Pesquisa, São Paulo, v.30, pag. 549-566, set/dez, 2004. HÖFLING, Eloisa de Mattos. Notas para discussão quanto a implementação de programas de governo: em foco o Programa Nacional de Livro Didático. In: Educação & Sociedade, ano XXI, nº 70, pag. 159- 170. abril/2000. LAJOLO, Marisa. Livro Didático: um (quase) manual do usuário. In: Em Aberto, Brasília, ano 16, nº 69, jan/mar. 1996.

AGUIAR, Alexandre e LEITÃO, Cleide. Almanaque do Aluá: leitura, formação e cultura. In: RIBEIRO, Vera Masagão (org.). Educação de Jovens e Adultos. Novos leitores, novas leituras. Campinas/SP: Mercado das Letras: Associação de Leitura do Brasil – ALB: Ação Educativa, 2001 (Coleção Leituras do Brasil).

BANDEIRA, Denise. Materiais Didáticos. Curitiba/PR: IESDE, 2009.

BEZERRA, Aída, COSTA, Renato Pontes. Almanaque Pitinga. Rio de Janeiro: IPHAN, CNFCP, 2011. v.1.000. p.100.

COSTA, Renato Pontes, YUNES, Lucia, TELLES, Lucila Silva e COSTA, Maria Aída Bezerra. Pitinga, sim! pelo prazer da leitura. Texto apresentado no CEL - Congresso de Educação e Leitura, Natal, RN 2013.

FÁVERO, Osmar. Materiais Didáticos para Educação de Jovens e Adultos. In: Cadernos Cedes, Campinas, vol. 27, nº 71, p. 39-62, jan/abr., 2007.

GOMES, Maria Candida Caetano e SILVA, Lilia Marcia de Almeida. Amostras Histórico-Geográficas. Texto apresentado no I Encontro de Educação do Grupo Comp@artilhamos Educação “Orgulho de ser professor(a)” ou “um galo sozinho não tece uma manhã”, UERJ – Departamento de Extensão, 14/08/2012.

JUNIOR, Décio Gatti. Estado e editoras privadas no Brasil: o papel e o perfil dos editores de livros didáticos (1970-1990). In: Cadernos Cedes, Campinas, vol. 25, nº 67, p. 365-377, set/dez, 2005.

LEITÃO, Cleide, AGUIAR, Alexandre, COSTA, Renato Pontes. Almanaque do Aluá nº 2: a construção da paz na diversidade. Texto apresentado no COLE - Congresso de Leitura e Escrita, Campinas, SP: 2007.

LEITÃO, Cleide. Buscando caminhos nos processos de formação/autoformação. In: Revista Brasileira de Educação. Nº 27, Set /Out /Nov /Dez, 2004. MEC - Ministério da Educação/Secretaria de Educação Básica, e SAPÉ – Serviços de Apoio à Pesquisa em Educação. Cadernos BAM 1 – Banco de Ajuda Mútua. Rio de Janeiro: Quickgrafic, 1999. MEC - Ministério da Educação/Secretaria de Educação Básica, e SAPÉ – Serviços de Apoio à Pesquisa em Educação. Cadernos BAM 2 – Banco de Ajuda Mútua. Rio de Janeiro: Quickgrafic, 2002.

MEC/SECAD - Ministério da Educação/Secretaria de Educação Continuada Alfabetização e Diversidades, e SAPÉ – Serviços de Apoio à Pesquisa em Educação. Almanaque do Aluá nº 2. Coletânea. Recife: Gráfica Liceu, 2006.

TEZZA, Cristóvão. Material Didático – um depoimento. In: Educar Revista. Curitiba/PR, Editora UFPR, pag. 35-42, nº 20, jul/dez, 2002.

YUNES, Lucia. Entre esfirras e ensopadinhos: conversas sobre cultura popular. – 1ª Ed. Rio de Janeiro: Ao Livro Técnico, 2012.