Programa

O curso irá apresentar obras de escritores e escritoras que intervém de forma determinante e agressiva no campo literário latino-americano e que marcam tendência na procura de algum tipo de ruptura ou de inovação em relação às formas literárias estabelecidas, não só nos textos senão também nas formas de produção e circulação da literatura. Serão discutidas as seguintes perguntas centrais: De que maneira estes autores rompem ou continuam linhas específicas da tradição literária latino-americana? Quais as ideias, propostas e visões da literatura que defendem e atacam?

Ao longo do curso serão discutidos autores como Roberto Bolaño, César Aira, Diamela Eltit, Fernando Vallejo, Pedro Lemebel, Mario Levrero, Bernardo Carvalho, Jorge Volpi, Guadalupe Nettel, Laura Restrepo, Verónica Stigger, entre outros.

O curso será dividido nos seguintes módulos:

Introdução: Breve panorama das caracteristicas da literatura latino-americanacina nas últimas duas décadas.

Módulo 1 -  Autofição, escritas de si: narrativas da intimidade, autoficção, auto-biografias  não-convencionais.  

Módulo 2 - Literatura, Violência e História pós-ditadura: romances que retratam a violência política e as consequencias das  ditaduras na América Latina.

Módulo 3 - Novos realismos: hiperrealismo, narrativa realista vinculada à cultura pop, discursos experimentais,  humor  e estranhamentos.

Módulo 4 - Os raros: os autores fora das classificações estabelecidas pela critica literaria, seja pela tematica, pela estrutura formal das suas obras ou por escrever sem se manter numa linha estilística fixa.