Mariana Villas Boas Marinho da Silva

BIO

 

Mariana Villas-Bôas tem formação em Arquitetura e Urbanismo-2013.2, pela Puc-Rio, com intercâmbio na BAU-Escola de design de Barcelona. Entre 2013 e 2017 trabalhou como cenógrafa assistente na TV Globo, em projetos como a novela ‘’Velho Chico’’, “Meu pedacinho de chão”, a série ‘’Dois Irmãos”.

 

Desde 2017 atua no mercado audiovisual como cenógrafa, assistente de arte e Diretora de Arte. Fez parte das equipes dos filmes, “A paixão segundo G.H” de Luiz Fernando Carvalho, “Agreste” de Sérgio Rozenblit, "Sol" de Lô Polite, “Epitaph” de Bernardo Barreto e Jorge Farjalla e “Depois do Trem” de Joel Pizzini.

 

Em 2019 estudou artes plásticas no workshop da “Florence Academy of Arts” em Florença, na Itália. 

 

Mariana é artista, também desenvolve filmes experimentais como Diretora. Em 2019 teve seu curta em parceria com a artista Zahy Guajajara selecionado pelos festivais Kannibal Fest em Berlin e Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro. Em 2020 teve dois curtas premiados: ITAÚ CULTURAL-EDITAL ARTE COMO RESPIRO – AUDIOVISUAL - YWY YZA’R - Os donos da terra e FUNARJ – EDITAL ONDAS DA CULTURA 2021 – AUDIOVISUAL MENSAGEIRA.

 

@marianavillasboas.art

https://marianavillasboasa.wixsite.com/artes