Programa

EMENTA. Leitura e análise de imagens míticas nos discursos literário e filosófico dos antigos gregos.

 

·       Introdução. A palavra “mito” e seus significados no decurso do discurso grego.

·       Homero. Mito e as categorias “moîra”, “ananke” (Ilíada) e “nóstos” (Odisseia). Esboço da vontade humana?

·       Hesíodo. Teogonia. A concepção cosmogônica e a genealogia dos deuses. Revelação e/ou mentiras símeis aos fatos?

·       Hesíodo. Trabalhos e dias (Erga) e o mito de Prometeu.

·       O lirismo grego: manifestação do eu: subjetividade e condição humana.

·       O deus Dioniso: o séc. V a. C.; Bacantes de Eurípides.

·       O riso político de Aristófanes: As nuvens

·       O séc. IV a.C. Teofrasto e os Caracteres; Menandro e a Néa: O misantropo

 

BIBLIOGRAFIA

 

ARENDT, Hannah. Entre o passado e o futuro. Tradução de Mauro W. Barbosa de Almeida. 2a ed. 1977. SP: Perspectiva.

___. A condição humana. Tradução de Roberto Raposo. 8ª ed.; 1997. RJ: Editora Forense Universitária.

BAUDRILLARD, Jean. A troca simbólica e a morte. Trad. Maria Stella Gonçalves e Adail Ubirajara Sobral. 1996. SP: Edições Loyola.

BONNARD, André. Civilização grega. Vol. I, II. III. Trad. José Saramago. Lisboa: Editorial Estudos Cor, Ltda. 1968.

BRANDÃO, Junito de Souza. Mitologia grega. Vol I, II, III. Petrópolis, RJ: Editora Vozes, 1986

___ Dicionário mítico-etimológico da mitologia grega. 3ª ed. Petrópolis, RJ: Editora Vozes; 1997

CONFORD, F. M. Principium sapientiae. As origens do pensamento filosófico grego. 3ª ed., Lisboa. Fundação Calouste Gulbenkian. 1989.

___. Before and after Socrates. London: Cambridge University Press. 1979.

DROZ, Geneviève. Os mitos platônicos. Trad. Maria Auxiliadora R. Keneipp. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1997.

DURANT. Will. A história da filosofia. Trad. Luiz Carlos do Nascimento Silva. RJ; Editora Nova Cultural Ltda. 2000.

ERLER, Michael & GRAESER. (ORG.) Filósofos da Antiguidade. Do helenismo à Antiguidade tardia. RS, São Leopoldo: Editora Unisinos. 2003.

FOUCAULT, Michel. História da sexualidade II. O uso dos prazeres. Trad. Maria Thereza da Costa Albuquerque. RJ: Edições Graal Ltda. 1984.

___. As palavras e as Coisas. Uma arqueologia doas ciências humanas. Trad. Salma Tannus Muchail. SP: Ed. Martins Fontes, 2002.

GOLDSCHMIDT, Victor. A religião de Platão. Trad. Ieda e Oswaldo Porchat Pereira. 2ª ed. SP: Difusão Europeia do Livro, 1970.

HERÓDOTO. História. Trad. J. Brito Broca. EDIOURO.

HESIOD. Homeric Hymns; Epic Cycle; Homerica. Trans. Hugh G. Evelyn White. London: Harvard University Press, 1995.

HESÍODO. Teogonia. A origem dos deuses. Trad. JAA Torrano. SP: Iluminuras, 2ª ed. 1992.

___. Os trabalhos e os dias (1ª parte). Trad. Mary de Camargo Neves Lafer. SP: Iluminuras, 1991.

___. Os trabalhos e os dias. Trad. Luiz Otávio Mantovaneli. SP: Odysseus Editora Ltda. 2011;

HOMERO. Ilíada. Vol. I, II. Trad. Haroldo de Campos. SP: Editora Arx, 2002.

___. Ilíada. Trad. Frederico Lourenço. SP: Penguin Classics, Companhia das Letras, 2013.

___. Odisseia. Trad. Trajano Vieira. SP: 3ª Letras.

JAEGER, Werner. Paideia. A formação do homem grego. Trad. Artur M. Parreira. Martins SP: Fontes Editora Ltda, 1979.

KIRK. G. S. et alii. Os filósofos pré-socráticos. 4ª ed. Trad. Carlos Alberto Louro Fonseca. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian. 1994.

KITTO. H. D. F. Os gregos. Trad. José Manuel Coutinho e Castro. Coimbra: Arménio Amado, Editor, 1970.

___. Tragédia grega. Estudos literários. Trad. José Manuel Coutinho e Castro. Coimbra: Arménio Amado, Editor, 1972.

MACIEL JÚNIOR, Auterives. Pré-socráticos. A invenção da razão. 2ª ed. São Paulo: Odysseus Editora, 2007.

OVID. Les metamorphoses. Paris: Les Belles Lettres; 1957.

PLATÃO. O Banquete. Trad. J. Cavalcanti de Souza. 2ª ed. SP: Difusão Europeia do Livro, 1970.

___. Górgias ou a Oratória. Trad. Jaime Bruna. SP: Difusão europeia do Livro. 1970.

PLATÃO. Diálogos. Teeteto (ou Do Conhecimento), Sofista (ou Do Ser), Protágoras (ou Sofistas). Trad. Edson Bini. SP: EDIPRO, 2007.

___. Diálogos. Eutífron; Apologia de Sócrates, Críton, Fédon. Trad. Márcio Pugliesi e Edson Bini. SP: Hemus Livraria Editora, 1977.

___. Filebo. Trad. Fernando Muniz. SP: Edições Loyola. 2012,

___. A República de Platão. Trad. e Org. J. Guinsburg. SP: Ed. Perspectiva, 2006.

___. As Leis. Trad. Edson Bini. SP: EDIPRO, 1ª ed. 1999.

PLUTARCO. Vidas paralelas. Vol. I, II, III. IV. V. Trad. Gilson César Cardoso. SP: Editora Paumape S. A. 1991.

___. Plutarch’s Moralia. Vol I; Transl. Frank Cole Babbit. London: Harvard University Press. 1986.

____. The rise and the fall of Athens. England: Penguin Books, 1978.

RUTHVEN, k. k. O mito. Trad. Esther Eva Horivitz de BeerMann. SP: Editora Perspectiva, 1999.

SEBASTIÃO, Sónia. Sujeito pós-moderno: de andrógino a pós-humano? IN: http://comunicacaoecultura.com.pt/wp-content/uploads/03.-S%C3%B3nia-Sebasti%C3%A3o.pdf Acessado em 17/08/19.

SNELL, Bruno. A cultura grega e as origens do pensamento europeu. Trad. Pérola de Carvalho. SP: Ed. Perspectiva, 2001.

Souza, José Cavalcante de et alii. Os pré-socráticos. Fragmentos, doxografia e comentários. SP: Editora Nova Cultural Ltda., 2000;

VAZ, Henrique C. de Lima. Escritos de Filosofia III. Filosofia e cultura. SP: Edições Loyola, 1977.

VERNANT, Jean-Pierre. As origens do pensamento grego. 3ª. ed. SP, Difel, 1981.