Programa

1- Introdução à dramaturgia clássica. A Poética de Aristóteles. A ideia do "belo animal", a organização e concatenação das partes de uma peça. Estrutura clássica X formas contemporâneas.

2- A relação entre o ator e o espectador na dramaturgia. A função ativa do espectador, investigação de diferentes poéticas de inclusão do espectador no fenômeno teatral. O espectador como parte da dramaturgia, na cena, no discurso. Análise do texto "Um carvalho", de Tim Crouch.

3- Quem / o que está em cena? Um personagem, um discurso, uma função dramática, uma voz, um performer. As diversas possibilidades de configuração daquele que está falando/agindo. A fragmentação do personagem na dramaturgia contemporânea. Análise do texto "Tentativas contra a vida dela", de Martin Crimp.

4- A narração. Potencialidades épicas no monólogo. A ancestralidade do ator como contador de histórias. A natureza fabular do teatro. Estratégias narrativas na fala. Análise do texto "Cine-Monstro" e "In on it", de Daniel Macivor.

5- A biografia e o depoimento pessoal na dramaturgia contemporânea. Realidades e ficções. O uso de material documental em cena. Análise e debate do texto "Mamãe", de "Álamo Facó".

6- Adaptações e transfigurações literárias. A passagem do livro para a cena. Criando imagens, cenas e diálogos a partir da literatura. Análise das peças "Acqua Toffana", texto de Patrícia Melo adaptado por Pedro Brício e Dani Barros, e "O Filho Eterno", adaptação de Bruno Lara Resende do romance de Cristóvão Tezza.

7- O espaço como elemento dramatúrgico. O corpo no espaço como escrita. A materialidade da cena no corpo do performer: respiração/movimento/ presença/gesto. Ocupar e esvaziar os espaços. Análise do solo "Finita", de Denise Stutz.

8- Invenção de linguagem. Novas palavras, novos corpos, novos sentidos. Ritmo e musicalidade do texto. A possibilidade de cada um fundar a sua língua cênica. Análise do texto "O animal do tempo", de Novarina. Retrospectiva conceitual e afetiva de todas as aulas.