Programa

A atual situação política no Brasil parece ameaçadora. O medo que ela evoca dificulta a tarefa de pensá-la com a profundidade necessária, e, por este motivo, o debate público se encontra dirigido por palavras de ordem que, repetidamente, insistem em soluções urgentes. As opções que se colocam são extremas: um engajamento que elimina a possibilidade de outras vozes, ou a pura e simples rejeição da política. A situação do país hoje parece mobilizar muito em nós; muito, exceto o pensamento.

O curso procurará experimentar com os alunos a possibilidade de pensarmos o momento atual do Brasil. Isso envolverá o esforço de desenvolver um pensamento que se dirija ao que acontece, sem se basear na cômoda repetição de clichês ideológicos que alimentam o debate público. Discutiremos em sala de aula acontecimentos amplamente difundidos pela imprensa e pelas redes sociais para mostrar que a crise que se abate sobre o país é de origem enigmática: ela é a consequência do fato de o “Brasil” ter se tornado um problema filosófico.