PUC-Rio

Coordenação Central de Extensão

CCE PUC-Rio curso Desenvolvimento Emocional Infantil

Desenvolvimento Emocional Infantil

Psicologia
Curso Livre

Aguarde novas turmas.

Cadastre-se como interessado

Introdução

   Os primeiros anos do desenvolvimento emocional infantil funcionam como o alicerce para as etapas posteriores do crescimento humano. Todo o cuidado recebido no início da vida imprime marcas decisivas no processo de amadurecimento, moldando inclinações, preferências, formas de agir no mundo, modos de sentir e responder às injunções da vida. Do ponto de vista psicológico, estas marcas estão diretamente relacionadas com o modo como as relações com o ambiente familiar e social são estabelecidas. Conhecer os processos em jogo nesse período é, portanto, crucial para clínicos, educadores e todos os que lidam com a saúde e o comportamento humano. Para iniciar ou aprofundar um estudo neste campo, é necessário dispor de ferramentas que possibilitem a compreensão do desenvolvimento emocional infantil em toda a sua complexidade. A teoria desenvolvida por Donald W. Winnicott, pediatra e psicanalista inglês, é uma das mais importantes.
   Winnicott trabalhou cerca de quarenta anos no Paddington Green Children´s hospital, onde teve a oportunidade de atender um elevado número de crianças e desenvolver um trabalho voltado para a psiquiatria infantil. A investigação sobre o pensamento deste autor deixa claro o quanto suas inovações teóricas estão relacionadas com a sua prática clínica, principalmente a de pediatra, a qual permitiu-lhe estabelecer uma teoria a respeito do desenvolvimento emocional primitivo. Winnicott constrói sua teoria a partir do seguinte paradigma: o bebê no colo da mãe. Desta forma, o relacionamento mãe-bebê é considerado a base para a constituição do psiquismo. Se examinarmos a teoria winnicottiana tomando a noção de objeto como ponto de partida, é possível compreender a formulação e a evolução dos principais conceitos deste autor. Abordar o conceito de objeto requer uma incursão no terreno do desenvolvimento emocional infantil, onde Winnicott, a partir da noção de dependência, estabelece três sucessivos estágios de desenvolvimento: dependência absoluta, dependência relativa e rumo à independência. Da mesma forma a concepção de objeto pode ser dividida em três momentos: no início o objeto é subjetivamente percebido, em seguida este cede lugar ao objeto transicional que, finalmente, é sucedido pela percepção objetiva da realidade estabelecida através do uso de um objeto.

Objetivo

   Fornecer uma compreensão global da teoria winnicottiana utilizando a noção de objeto como fio condutor. Serão enfatizados os processos de constituição da subjetividade, de desenvolvimento infantil e de amadurecimento, destacando importantes conceitos, tais como: psico-soma, criatividade primária, objetos e fenômenos transicionais, brincar, mãe suficientemente boa, holding, agressividade e tendência anti-social.

Público Alvo

Graduados e alunos de graduação das áreas de psicologia, educação, fonoaudiologia, serviço social, enfermagem e medicina interessados no estudo do desenvolvimento infantil.

Carga Horária

24 horas.

Metodologia

Aulas expositivas com revisão de bibliografia específica e atualizada. Debates sobre experiências clínicas e práticas institucionais.

Programa

Módulo 1 – Contextualização e principais influências

Este módulo é composto por uma aula que visa contextualizar e situar Winnicott no cenário psicanalítico atual e no de sua época. Outro objetivo é apresentar suas preocupações específicas e o modo como examinou as questões cujas respostas resultaram na elaboração da sua teoria sobre o desenvolvimento emocional primitivo.

Módulo 2 – Dependência absoluta e objetos subjetivos:

Este módulo, composto por duas aulas, tem como objetivo fornecer uma compreensão dos momentos iniciais da vida humana. Serão investigados os seguintes conceitos: conjunto ambiente-indivíduo, psico-soma, preocupação materna primária, criatividade primária e experiência de ser.

Módulo 3 – Dependência relativa e objetos e fenômenos transicionais:

As duas aulas deste módulo destinam-se a apresentar o momento intermediário do desenvolvimento infantil, concebido como uma das principais contribuições deste autor. Serão examinados os seguintes conceitos: momento de ilusão, objetos e fenômenos transicionais, brincar, holding, mãe suficientemente boa, processos de integração, personalização e realização.

Módulo 4 – Rumo à independência e uso do objeto:

O objetivo deste módulo, composto por duas aulas, é percorrer o estágio em que o bebê gradualmente torna-se capaz de viver sem a dependência direta dos cuidados maternos. Serão estudados os seguintes conceitos: agressividade, concern, processo de separação e tendência anti-social.

Módulo 5 – Debate: clínica e prática em instituições

Este módulo é composto por um encontro que visa promover um debate cuja finalidade é privilegiar as experiências clínicas e institucionais de cada aluno como material para discutir o conteúdo teórico estudado.

Corpo Docente

Veja a relação do corpo docente (sujeito a alteração)

Matrícula

O aluno cujo curso for custeado por uma empresa deverá, depois de efetuar a matrícula, preencher o modelo da carta de compromisso da empresa e envia-la através do “Aluno on line”, no prazo de 24 horas. Posteriormente enviaremos, à empresa, a nota fiscal com boleto bancário.  O aluno receberá um email automático de confirmação de matrícula, contendo as instruções para uso do “Aluno on line”

Certificado

O aluno que preencher satisfatoriamente os quesitos frequência e aproveitamento terá direito a certificado.

Observações

Vagas limitadas.

A realização do curso está sujeita à quantidade mínima de matrículas.

Bolsas de Estudos: devido à natureza autofinanciada dos cursos oferecidos pela CCE, não há viabilidade financeira para a concessão de bolsas de estudo.

Veja também


Possui alguma dúvida ? Fale conosco

Atualizado em 20/12/2011 às 14:57